Receba Samizdat em seu e-mail

Delivered by FeedBurner

quinta-feira, 8 de maio de 2014

tang




queria enfiá um cabo de vassoura na amante dele até o cabo sair pela boca
e depois ia botar nozomi

ele não dá dinheiro
eu fico tomando suco barato
nem tang eu compro
enquanto a outra fica tomando cerveja

comprei banheira 
comprei flalda
comprei toalhina de bichinho 
e deu pra ela
e foi isso que eu recebi da recalcada
uma xibunda


Significados de Xibunda :
 
 Clique aqui se você CONCORDA com essa definição! 
Clique aqui se você NÃO CONCORDA com essa definição!
 
1. Xibunda

Bunda grande, enorme

Êee xibunda bonita!

Sinônimos: bunda bumbum mais...
Relacionadas: bunda grande mais...
Êee xibunda bonita!
Compartilhar  
[começam a sussurrar]
tem lá no rio grande um lugar que é muito do mais barato
o big

nós tava no rio de janeiro
ele tava de serviço lá
VAI LARGÁ ISSO, URIEL!
eu disse pro maico
eu me apavorei
quando eu fui no mercado
uma carioca boca murcha foi lá e falando falando falando
VAI FAZÊ O QUE EU TO TE MANDANDO, URIEL!
VO FALÁ PRO TEU PAI!
EU VO TE FALÁ DAQUI A POCO, URIEL!
se eu tivesse lá na minha cidade essas hora já tava mais de uns mil grau
eu já tava lá na rua fritando
eu disse pra ela 
tu é fria e calculista, menina

eu disse, eu falei pra ele
nós pode voltá
mais as coisa não são como era antes, não

...

não é uma pensanzinha de miséria que vai me faze decai, guerreiro
que eu tenho, demônio!
mas, capaz! se vão ficar montando em mim...
se montar, eu já montei e já fiz a volta e voltei:
qualé a tua? não tô tirando a tinta do teu rabo
porque do meu eu garanto















_________________________________________________

escrito a partir da percepção de Gabriela Simões. todos os direitos [e as responsabilidades] reservados
publicado originalmente em Pragas Urbanas Renitentes

Share


Volmar Camargo Junior EDITOR DE POESIA
Volmar Camargo Junior, V., nativo de Cruz Alta, ativo em Rio Grande, é poeta, vendedor de livros. professor não praticante, arquivista em formação, pai do Dimitri. Escreveu os blogs Um resto de café frio e O balcão das artes impuras. Escreve o Verbo.

todo dia 08


0 comentários:

Postar um comentário