Receba Samizdat em seu e-mail

Delivered by FeedBurner

sábado, 17 de dezembro de 2011

DISPARIDADE

eles são todos redondos
que farei eu de minhas quinas?
logo eu, tão cheia de ângulos!

eu não caibo
nada encaixa

eles, tão planos e circulares
parecem plenos
desavisados de um diâmetro tão pequeno...

e eu aqui
eternamente a conformar minhas arestas
nas helicoidais difusas
desta minha conchacaixa

Share




1 comentários:

como no Volmar, eu tenho receio de ferir as palavras deles com um comentário e por isso nem deixo...

Postar um comentário