Receba Samizdat em seu e-mail

Delivered by FeedBurner

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Gripe das aves

Joaquim Bispo

Os tempos perigosos que correm alteram até as rotinas mais arreigadas. No meu bairro, havia uma velhota que todos os sábados ia à mercearia comprar milho para dar aos pombos. Certo sábado, vi-a comprar, para além do habitual saquinho de milho, dois pacotinhos de lenços de papel. Disse que tinha visto vários pombos a espirrar e com o bico a pingar, coitadinhos.

***

Parece que a gripe das aves não constitui grande perigo para o Homem, se este não tiver contactos próximos com aves infectadas. Notícias do Olimpo fazem saber que Leda, por precaução, já pôs o cisne a dormir no sofá!

Share


Joaquim Bispo
Português, reformado, ex-técnico da televisão pública, licenciado tardio em História da Arte. Alimenta um blogue antiamericano desde o assalto ao Iraque e experimenta a escrita de ficção desde 2007, com pontos altos nas oficinas virtuais da revista Samizdat, de Henry Bugalho, e da Câmara dos Deputados do Brasil, de Marco Antunes. Integra várias coletâneas resultantes de concursos literários dos dois lados do Atlântico.
todo dia 25


0 comentários:

Postar um comentário