Receba Samizdat em seu e-mail

Delivered by FeedBurner

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Folhas da Relva, de Walt Whitman



Walt Whitman
(31 de maio de 1819 - 26 de março de 1892) foi um poeta Americano, ensaísta, jornalista e humanista. Ele pertence ao período de transição entre o Transcendentalismo e o Realismo, incorporando ambas perspectivas em suas obras. Whitman está entre os mais influentes poetas do cânone americano, comumente chamado de "o pai do verso branco". Seu trabalho é também muito controverso, particularmente a coleção de poemas de "Folhas da Relva", descrita como obcena por sensualidade manifesta. (fonte: Wikipédia)


Folhas da Relva (seleta)


Para Você


Desconhecido! Se tu, ao passar, encontrares-me e desejares falar comigo, por que não falarias comigo?
E por que eu não falaria contigo?



Eu me sento e observo

Eu me sento e observo todas as mágoas do mundo, toda opressão e opróbrio;
Ouço os convulsivos soluços secretos dos rapazes, angustiados consigo próprios, arrependidos por seus feitos;
Vejo, na vida mundana, a mãe maltratada por seus filhos, morrendo, negligenciada, macilenta, desesperada;
Vejo a esposa maltratada pelo marido —vejo o traiçoeiro sedutor de moças
Reparo na mágoa do ciúme e do amor incorrespondido — vejo estes panoramas na terra;
Vejo os trabalhos da guerra, da peste, da tirania — vejo mártires e prisioneiros;
Observo a escassez no mar — observo os marinheiros jogando a sorte sobre quem deve morrer, para preservar a vida dos outros;
Observo a indiferença e o degredo lançado por pessoas arrogantes sobre trabalhadores, sobre pobres, negros e afins;
A tudo isto — a toda maldade e agonia sem fim, eu, sentado, observo.
Vejo, escuto e me calo.


Enquanto eu ouvia ao Erudito Astrônomo

Enquanto eu ouvia ao erudito astrônomo;
Enquanto as provas, as figuras, eram organizadas em colunas diante de mim;
Enquanto me eram mostradas cartas e diagramas, para adicionar, dividir e mensurá-las;
Enquanto eu, sentado, ouvia ao astrônomo, enquanto ele palestrava com muita aclamação no auditório,
Quão rápida, inexplicavelmente, entediei-me e me nauseei;
A ponto de me levantar e flanar para fora, vagando só,
Através do místico sereno noturno, e, de quando em quando,
Admirei, em silêncio perfeito, as estrelas.

Share




2 comentários:

Olá. Você saberia me dizeronde posso baixar Leaves of Grass de Walt Whitman.

Se puder me ajudar ficarei agradecida..

aguardo resposta

Para download, eu não sei dizer, mas no link na postagem há todos os poemas da obra:

http://www.bartleby.com/142/

Postar um comentário